A imagem apresenta um servidor de hospedagem transferindo dados para um computador comum, resumindo brevemente o que acontece quando navegados na internet. O servidor em questão possui uma medalha, representando que é um dos top 6 servidores para leigos em hospedagem.

TOP 6 hospedagem de sites (totalmente amigáveis!) para iniciantes

Antes de tudo, que fique muito claro uma coisa!

Este post não é sobre os melhores serviços de hospedagem que existem por aí, mas sim sobre os mais amigáveis e fáceis de se usar quando se é iniciante na área.

Em outras palavras, você não precisa de uma Ferrari quando você está recém aprendendo a dirigir, certo? O mesmo serve para serviços de hospedagem. Vá com calma, dê os primeiros passos antes de querer voar. Isso até vai te sair mais barato.

Também não encare o que falei acima como prejudicial para as empresas que vão ser listadas. Todas as empresas desse post possuem excelente reputação e proporcionam serviços excelentes. Claro, tudo no seu devido lugar, não vá comparar com as empresas líderes de mercado, como Amazon e Digital Ocean.

Dito isso, esse post cumpre com um objetivo principal:

Te proporcionar as melhores opções de hospedagem entre os melhores serviços quando os critérios são facilidade de uso e qualidade do serviço final. Uma combinação perfeita para quem está inseguro na hora de escolher e contratar o seu primeiro plano de hospedagem.

IMPORTANTE: a grande maioria das opções listadas possuem planos extremamente acessíveis do ponto de vista financeiro (economizar é bom, principalmente no início) e ainda possibilitam a inclusão de um certificado SSL básico, mas gratuito! Isto porque, como vimos no post de HTTP vs HTTPS, isso tem se tornado cada vez mais fundamental devido as novas diretrizes do Google. Se o Google quer uma internet mais segura, temos que cooperar, não é? Afinal, ele é o grande chefão da web.

Resumindo, depois dessa leitura, chega de procrastinar! Chegou a hora de tirar o seu projeto do papel. Esperamos que você goste!

O que é uma hospedagem?

A hospedagem é, em resumo, onde os arquivos do seu site ficarão armazenados. Se você cria uma página simples em HTML, CSS e JavaScript, ela vai precisar de um computador para que seja guardada e disponibilizada na internet. Esse computador é conhecido como servidor, sendo o responsável por fazer a interface entre quem acessa o site e as suas páginas web.

Esse é o objetivo do servidor. Nele, todas as páginas de um determinado site ficam armazenadas, além do banco de dados e outros serviços, caso existam. Por exemplo, se o seu site possui uma aplicação em PHP, ele será acessada nessa máquina assim como as páginas web.

Para que esses serviços sejam acessíveis, existem as empresas de hospedagem, que são responsáveis por oferecer toda a infraestrutura necessária para quem precisar colocar um site no ar.

Há inúmeras empresas que fornecem esse tipo de serviço. O que vai diferenciar cada uma são os detalhes técnicos, como espaço de armazenamento, rapidez, recursos adicionais, etc. e claro, a facilidade na hora de utilizá-los!

Antes de citar as melhores opções de hospedagem para quem é iniciante na área, vamos dar uma olhada na diferença entre hospedagem e domínio, dúvida comum para quem pesquisa sobre hospedagem na internet.

Diferenças entre hospedagem e domínio

Como falamos, a hospedagem é um serviço de armazenamento de conteúdo na internet. Para que esse conteúdo seja acessível, é necessário que exista um endereço para o servidor ser localizado. Este é o famoso domínio! Sabe quando você digita “becode.com.br” no seu browser? Então, esse é o nosso domínio.

Para que seu browser saiba onde encontrar o servidor do nosso site, ele usa uma espécie de agenda telefônica da internet, chamada DNS (Domain Name System, ou Sistema de Nomes de Domínios). O servidor DNS é quem recebe o endereço que você coloca no seu navegador e direciona ele para a página correta. Mas isso é assunto para outro texto!

O que importa é que você saiba que seu site será encontrado na internet através do domínio, e que a hospedagem é para onde o domínio irá direcionar, ok?

Informação de utilidade pública! hoje em dia um domínio .com.br está custando cerca de R$40/ano. Pensa comigo, se você dividir esse valor por 12, vai custar R$3,33/mês. Baratinho, não? Então, nem pensa em arranjar desculpa aqui.

Compartilhada, Dedicada ou Cloud (VPS)

Depois que você entende o que é hospedagem, é necessário conhecer os seus diferentes tipos. Existem duas modalidades principais: a hospedagem compartilhada e a dedicada.

Hospedagem Compartilhada: a mais barata

No caso da hospedagem compartilhada, você irá colocar o seu site em um servidor que já conta com outros inúmeros sites. Para isso, os recursos da mesma máquina serão compartilhados. Essa opção permite que você tenha os menores custos possíveis com hospedagem, já que tudo é compartilhado.

O problema dessa opção é que como os recursos não são exclusivamente seus, pode haver indisponibilidades ou lentidão devido a outros sites que estão na mesma máquina. Além disso, os recursos são mais escassos, já que eles são divididos com outras páginas. Se a sua página tiver um dia com muitíssimos acessos, isso poderá deixá-la indisponível.

Saber disso pode parecer algo que inviabiliza a hospedagem compartilhada, mas não! Se sua página é simples e não terá muitos acessos, essa pode ser a melhor opção para você. Seus preços partem dos R$6 mensais, o que mostra como é uma solução interessante, caso você esteja procurando algo simples e barato.

Hospedagem dedicada: a mais parruda

Já a hospedagem dedicada é feita através de servidores separados exclusivamente para seu site. Ao invés de dividir os recursos, todo o espaço em disco, RAM e portas de acesso está disponível apenas para você. Nesse caso os custos tendem a ser maiores, havendo opções partindo dos R$100 mensais, chegando até a casa dos R$1.000 ao mês, dependendo das suas necessidades.

Essa opção é indicada para quem precisa de mais desempenho, sites que carregam rápido, recebem muito tráfego e páginas que nunca fiquem indisponíveis. Ninguém quer seu site fora do ar por alguns minutos, mas existem aplicações que são críticas e realmente não podem ficar indisponíveis. Imagine se o Google ou um site bancário caísse? Seria horrível! Nesses casos, é utilizado hospedagens dedicadas e outras soluções avançadas de infraestrutura de TI para evitar tais problemas.

Não precisa ser um site gigantesco como o site do Google ou do Itaú para ser necessário o uso de uma hospedagem dedicada. Nós, da Becode, para suportar a quantidade de tráfego que recebemos, precisamos usar uma hospedagem dedicada, por exemplo

Hospedagem Cloud: a tendência

Hoje a tendência do mercado de Tecnologia da Informação é a Computação em Nuvem. Nela você tem um servidor dedicado e altamente personalizável (em serviços self-serviced). Por exemplo, é possível definir se o servidor será Windows ou Linux, quanto ele terá de RAM e se você quer que ele seja escalável, em outras palavras, aumente a capacidade de acordo com os acessos. Nesse caso, os maiores fornecedores do mercado são: Amazon AWS, Digital Ocean, Microsoft e IBM.

A escolha entre eles vai depender de quanto você pode pagar (já que cada um apresenta preços diferentes e caros, em geral) e também vai depender do seu nível de conhecimento em computação em nuvem, Linux e infraestrutura de TI como um todo. Como a máquina fica na sua mão, é necessário que você tenha conhecimentos de infra-estrutura, segurança e escalabilidade para que as configurações sejam as melhores possíveis. Caso você não tem esses conhecimentos, não tente se aventurar em uma Amazon AWS da vida.

Preciso saber tudo isso para ter uma hospedagem cloud?

Não! Você pode sim contratar um serviço de hospedagem dedicada e cloud, caso esse seja a sua necessidade, contudo, procure um fornecedor que vai te auxiliar sempre que você tiver dificuldades. A amazon, por exemplo não faz isso e não vai te ajudar. Em outras palavras, ela nem sabe que você existe. A não ser, é claro, que você esteja contratando o plano “premium”.

Mas você não precisa contratar o plano premium para contar com uma hospedagem excelente. Aliás, esse é o principal objetivo deste post: apresentar as 6 empresas de hospedagem que, na nossa opinião, apresentam a melhor solução para iniciantes na área, seja a sua necessidade uma hospedagem compartilhada, dedicada ou cloud.

IMPORTANTE: que fique bem claro, estamos falando de hospedagens de entrada. Se você já é experiente na área e tem os conhecimentos necessários para lidar com as principais hospedagens Cloud que existem. Vá em frente, escolha entre Amazon AWS, Digital Ocean, Microsoft e IBM.

Não que as opções abaixo não apresentem soluções excelentes para cloud, muito pelo contrário!

Dito isso, que tal acabar com a enrolação e partirmos para a nossa lista com os 6 melhores serviços de hospedagem para iniciantes na área. Confira abaixo!

KingHost

A KingHost é uma das principais empresas de hospedagem que existem hoje no mercado. Suas soluções tem atendido cerca de 60 mil clientes brasileiros, lugar onde a empresa foi estabelecida. A empresa existe desde 2006 e se divide atualmente em dois campos de atuação: hospedagem compartilhada e computação na nuvem.

Na solução compartilhada, seu site fica com outros no mesmo servidor e os preços variam entre R$12 a R$26, dependendo das necessidades, como número de domínios e tamanho de espaço em disco. Já na computação em nuvem, a KingHost oferece planos entre R$210 a R$350.

Eles também possuem servidores especializados em WordPress, Java, MongoDB e Node.js. Isso significa que a empresa prepara máquinas para essas estruturas específicas, o que é uma vantagem interessante em termos de performance, caso você trabalhe com essas tecnologias.

O painel para gerenciar a hospedagem é simples e fácil de usar. Além de ser um painel própria da KingHost, desenvolvido pela própria empresa. Eu mesmo já testei e gostei bastante. Entre algumas funcionalidades interessantes para quem está iniciando, destaco os instaladores “automágicos”, com eles, você pode instalar alguns CMS, como o WordPress, de forma simplificada.

Resumindo, é uma excelente opção! Recomendado! Para saber mais, é só acessar o site oficial da King.

Hostgator

A Hostgator é uma empresa americana que existe desde 2002. Ela chegou ao Brasil em 2007, e atualmente oferece os serviços de hospedagem compartilhada e dedicada.

Seus planos variam entre R$7 e R$850, dependendo das necessidades de espaço em disco, sistema operacional e modalidade de hospedagem. Como as outras, ela permite que você hospede sites em Linux ou Windows e também possui máquinas preparadas especialmente para o WordPress.

Ela mostra ser uma opção para quem está começando agora, porque fornece tudo o que o cliente precisa (da criação do site à sua hospedagem). Dependendo do plano, pode ser que o preço seja muito elevado para suas necessidades, então vale a pena definir primeiro o que você precisa para depois contratar os serviços dessa empresa. Pode ser que algo mais simples já te atenda.

Tenho alguns sites menores que estão hospedados na Hostgator, até o momento, achei tudo muito fácil, suporte bom e não tive problemas. Recomendo essa opção, principalmente se você gosta do mascote deles (haha). Fato muito importante: ele se chama “Snappy”. Para saber mais sobre a Hostgator, dê uma olhada no site oficial.

Hostinger

O Hostinger é um conhecido serviço de hospedagem que oferece também a criação e gestão de domínios. Suas soluções partem de R$6 e oferecem diversos tipos de hospedagem.

O grande trunfo do Hostinger é ser uma empresa que busca fornecer um serviço confiável, amigável e extremamente barato! Sendo assim, é indicada para quem está começando e precisa de uma solução simples, transparente e que, caso tudo dê errado, vai ter pagado muito pouco, pois é barato mesmo!

Ainda não testei a Hostinger, mas assim que tiver uma oportunidade, irei fazer. Com certeza, é uma opção que eu recomendo, especialmente pelo preço. Ninguém quer pagar muito para hospedar o primeiro site, não é? Para saber mais, visitem o site oficial da Hostinger. Vale a pena!

Weblink

Correndo por fora, temos a Weblink, uma empresa nova mas que tem ganhado um bom espaço no mercado. Como diferenciais, a empresa possui servidores preparados para Magento e Minercraft, atendendo nichos específicos de mercado. Mas se sua necessidade for uma máquina Linux, Windows ou preparada para WordPress, eles poderão te ajudar também.

Se você precisa configurar seu domínio, eles também prestam suporte para isso. Se você entrou no site da Weblink, provavelmente viu muitas semelhanças com relação à Hostinger. Exato! Isso porque a Weblink é a “versão” brasileira da Hostinger. Ambas as empresas são do mesmo grupo, a Hostinger Global. Claro, existem algumas diferenças entre as empresas, afinal, não faria sentido criar duas empresas separadas a troco de nada. Algumas das principais diferenças são as seguintes.

Dito isso, a Weblink é outra recomendação, talvez uma recomendação por tabela. Afinal de contas, é muito similar a Hostinger. Resumindo, compare as duas e visite o site oficial da Weblink.

Hostnet

A Hostnet é uma empresa que fornece serviços de hospedagem desde 2000. Atualmente seu portfólio inclui soluções que vão da hospedagem compartilhada, partindo dos R$7, até opções em computação na nuvem, custando em torno de R$100 ao mês.

Além disso, a empresa possui uma série de ferramentas para quem precisa de suporte tecnológico. Com eles você pode automatizar o marketing da empresa, criar uma loja ou blog e obter consultoria nesse sentido. Essa parece ser uma ótima opção para quem está começando e não tem ideia do que fazer após criar o seu primeiro site.

Infelizmente, das empresas dessa lista, a Hostnet é a que possuo menos referências. Contudo, ainda assim, é considerada no mercado como uma boa escolha entre os iniciantes. Para saber mais sobre a Hostnet, acesse o site deles.

Umbler

A Umbler é um serviço de hospedagem “diferente” e que vem com um apelo bem interessante para desenvolvedores e profissionais de comunicação. Afinal, ela foi projetada para facilitar a vida desse público.

Trata-se de uma solução que vai configurar um ambiente excelente para o desenvolvimento das mais variadas aplicações, como exemplo, plataformas PHP, .NET, JS e outras tecnologias que ainda estão por integrar o portfólio da Umbler (como Python, Java e Ruby).

Além disso, a Umbler possui um sistema de perfis bem interessante, o que facilita bastante na hora de trabalhar em equipe. Ninguém gosta de ficar emprestando a senha para que os outros membros da equipe possam acessar o painel administrativo, certo? Na Umbler, cada colaborador possui o seu acesso e o seu perfil (Designer, Cliente, Developer, etc), o que é ótimo!

Em termos de preço, quanto mais você usa, mais você paga. Justo, não? Então, a empresa oferece soluções de hospedagem na nuvem e a opção mais barata parte dos R$6 e pode chegar em R$960 (conforme seu uso).

O ponto negativo é que essa solução não vem com um certificado SSL já embutido (aliás, é a única solução da lista que não vem com esse benefício). O que é ruim, mas ao mesmo tempo te dá a liberdade para escolher o fornecedor de certificado SSL que você quiser.

Uma boa opção para iniciantes “nem tão iniciantes”

Resumindo, a Umbler é uma excelente opção, contudo, se você está partindo do zero e é leigo na área, talvez ela não seja a melhor escolha para você. Afinal, você ainda não é um desenvolvedor ou profissional de comunicação experiente e pode ter algumas dificuldades.

Por isso, apesar de a Umbler poder ser considerada uma boa opção de entrada, ela não é tão simples quanto as outras (em termos técnicos). Agora, se você já tem um pouco de experiência na área, com certeza vai amar a Umbler e o seu jeito “diferente” de abordar o tema hospedagem na nuvem. Para saber mais, visite a Umbler.

PS: não confunda “pouca experiência” com o fato de “ser leigo na área”. Ser leigo na área é conhecimento zero!

E aí, qual escolher?

Como você viu existem muitas opções de hospedagem na web, cada uma com seus prós e contras. Seja na nuvem, compartilhada ou dedicada, a hospedagem é algo imprescindível para começar a desenvolver para a web na prática! E isto serve tanto para a criação de um site simples, aplicações mais robusta e projetos pessoais.

Se você é iniciante e gostou da ideia de hospedar o seu primeiro site na web, confie em mim, é muito simples e barato. Basta escolher qualquer uma das opções acima, que você estará em boas mãos. Na dúvida, opte pelos planos mais baratos e nas soluções com o menor risco. Na pior das hipóteses, você vai ter gastado o valor anual do domínio e mais uns R$6/mês em hospedagens mais baratas.

Com esse investimento pequeno, você vai ter passado por uma nova experiência, estando apto a hospedar aplicações simples, o que vai possibilitar que você evolua os seus conhecimentos na área e novas portas vão abrir para você. Seja proativo!

Espero que você tenha gostado do post e não esqueça de comentar. Até a próxima!

O que você achou desse post?

2 points
Upvote Downvote
Erick Scudero

Escrito por Erick Scudero

Especialista em Marketing Digital e apaixonado por tudo que envolve o universo de tecnologia e comunicação. Durante sua jornada na terra dos cangurus (Austrália), atuou em diversos projetos prestando consultoria em questões de UX, SEO, Marketing Digital e modelos de negócio com foco em startups. É cofundador da Becode, da M2up e instrutor de cursos presenciais na TargetTrust.

Comentários

Leave a Reply
  1. Erick, sou “LEIGA” “LEIGA” LEIGA” sabe do ZERO ????
    estou “sonhando” em fazer um tecnólogo neste 2º semestre e estou mais perdida que cego em tiroteio… kkkkkkkk:
    e detalhe, tenho 50 anos me dá uma dica, um conselho mesmo!
    quero muito, mas, estou com medo de virar piada na faculdade que vou fazer vestibular

    desde meu muito obrigado, se responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

Comentários

O que é CMS e quais são os 4 mais utilizados no mundo! | Becode

O que é um CMS e quais são os 4 mais utilizados no mundo!

Os 6 frameworks e bibliotecas JavaScript que você deveria conhecer!

Os 6 frameworks e bibliotecas JavaScript que você deveria conhecer!