Hora de procurar emprego: veja 5 dicas para ter sucesso com vagas de TI!

O mercado de trabalho para o profissional de TI sem dúvida foi o que mais cresceu nos últimos anos e junto com ele cresceram também as exigências feitas pelos recrutadores.

Se você procura um novo emprego na área ou está buscando ingressar no setor pela primeira vez, continue lendo esse post para ver 5 principais dicas para se preparar e encontrar a vaga perfeita para você. Então, vamos lá!

Esteja atualizado

Na área de TI, como em qualquer campo relacionado à tecnologia, os avanços acontecem muito rápido. A cada dia, uma nova maneira de otimizar algum processo é descoberto. Por isso, mesmo que você esteja fora do mercado de trabalho, ou em busca de uma oportunidade melhor, mantenha-se sempre atualizado com as novidades e tendências.

  • Conheça as empresas e profissionais que mais ganharam destaque nos últimos tempos;
  • Leia constantemente notícias relacionadas à tecnologia de informação;
  • Veja quais são as atuais tendências;
  • Converse com profissionais da área e tenha sempre uma opinião atual e bem fundamentada a respeito da sua profissão ou determinada tecnologia.

Empresas em crescimento são aquelas em constante processo de aperfeiçoamento, por essa razão, buscam por profissionais que estejam sempre atualizados e abertos às novidades do mercado. Muitas vezes, essas empresas até exageram em suas exigências. Contudo, não há muito que podemos fazer nesse sentido, a não ser estarmos preparados para o que vier! Obviamente, é impossível sabermos TUDO. Portanto, não se frustre caso o que você sabe não seja suficiente nas primeiras entrevistas.

Se você está buscando uma vaga na área de desenvolvimento, dê uma olhada nesse post que lista os principais conhecimentos para um profissional da área. Em breve, pretendemos fazer posts relacionados aos outros segmentos da TI também.

Cause uma boa impressão

A imagem mostra um aperto de mão firme entre duas pessoas

Ao contrário do que muita gente pensa, causar uma boa impressão não começa na escolha da roupa adequada para uma entrevista de emprego, mas sim na elaboração do seu currículo, que é sua porta de entrada para o mercado de trabalho.

Um currículo bom nem sempre é um currículo extenso. O currículo deve descrever com exatidão o seu preparo profissional, aptidões, interesses e afinidades dentro da sua área de atuação. Ele deve ser personalizado exatamente de acordo com o que você é. Quanto mais ele se diferenciar dos demais, maiores serão as chances de chamar a atenção a seu favor.

Portfólio

Tenha um portfólio (off-line ou online). Faça, e mantenha atualizado um registro das atividades que você julga que são importantes, que realizou ou esteve envolvido nas empresas onde já trabalhou. Isso mostra que você é um profissional organizado e comprometido com sua carreira e seu desenvolvimento dentro da empresa.

Se você possuir habilidades de desenvolvimento front-end e web design (se você não sabe a diferença entre ambos, veja esse post), construa um portfólio online. Com certeza, isso fará com que você se destaque dos demais profissionais. Caso você seja da área de banco de dados, back-end, sistemas, enfim, ainda é possível construir um site impressionante. Hoje em dia, plataformas como o WordPress podem ajudar você nesse sentido.

Linkedin e a “internet”

Nunca envie um CV sem revisar o seu Linkedin! Cada vez mais a rede social é utilizada pelos recrutadores, portanto, complemente as informações do seu CV com um perfil matador no Linkedin.

Por fim, revise toda a sua vida online. Você se espantaria se soubesse os motivos mínimos que podem causar uma eliminação em um processo seletivo. Portanto, revise suas redes sociais e fotos cadastradas no outlook/gmail ou qualquer outro serviço de email ou rede social antiga e que você já não usa mais.

Dica: procure por você mesmo no google, digite seu nome completo e veja o que aparece. Na grande maioria dos casos, você não aparecer nos resultados é um bom sinal!

 “Mas eu nunca trabalhei, e agora!?”

Se você está entrando agora para o mercado de trabalho e não possui experiência, não se desespere! As empresas não buscam apenas por experiência, buscam também profissionais que sejam apaixonados pelo que fazem. Hoje existem muitas empresas com uma política de atuação específica, e preferem contratar profissionais sem experiência para evitar vícios e costumes que são práticas de outros lugares.

Faça uma carta de apresentação bem detalhada. Descreva com detalhes suas capacidades e habilidades que você acredita que serão que serão úteis para uma empresa e para o cargo que você deseja se candidatar. Seja criativo, você terá que se destacar por outros motivos e não pela sua bagagem profissional.

Nesse artigo, listamos diversas técnicas que você pode aplicar para garantir o seu primeiro emprego na área de TI, mesmo sem ter experiência prévia, dê uma olhada!

Encontre a vaga certa para você

A Tecnologia da Informação (TI) exerce diversas funções, em diferentes setores de cada uma delas. Se você é um profissional de TI com afinidade em programação e desenvolvimento web, uma empresa que necessita de alguém para a gestão do banco de dados talvez não seja o lugar mais indicado para você.

Não é apenas a empresa que deve estar satisfeita com o seu trabalho, você também deve estar satisfeito. Se você possuir condições financeiras para esperar pela vaga certa, escolha a empresa que irá te permitir trabalhar com ferramentas que você possui mais afinidade, exercendo aquilo que você mais gosta e faz melhor. Assim, você estará satisfeito, motivado, e se mostrará um profissional valioso.

Claro, se você não possuir o luxo de poder esperar pela vaga certa. Empregue-se, organize a sua vida financeira e depois procure pelo emprego ideal.

Pense a longo prazo

Em outras palavras, procure por uma organização alinhada com a sua pessoa profissional e, porque não, pessoal também. Opte por um lugar onde você consegue enxergar um futuro promissor para você.

Organizações, assim como pessoas, possuem identidades diferentes que variam de acordo com o tipo de produto e serviço que oferecem. Existem empresas com identidades mais sérias, que seguem um modelo de organização tradicional e têm normas bastante rígidas. E, por fim, empresas de perfil mais dinâmico, com políticas mais maleáveis, não exigem uso de uniforme e permitem fazer um horário de trabalho flexível de acordo com a demanda, por exemplo.

Encontrar uma empresa que tenha um perfil compatível com o seu é a melhor maneira de assegurar que uma vez sendo parte da equipe, você terá um bom desempenho.

Provavelmente você não irá acertar de primeira. Portanto, vá sem medo. Aceite as oportunidades que surgirem. Em algum momento, você irá “se conhecer” e, assim, terá maturidade suficiente para saber qual é o seu perfil profissional e qual é o tipo de empresa em que você quer fazer carreira.

Invista em você mesmo!

A imagem, vista de cima, mostra dois estudantes sentados um de costas para o outro. O homem estuda utilizando um livro, já a mulher está realizando um curso online

Você é sua maior fonte de rendimento, por isso, invista em você. Faça cursos com certificados reconhecidos sempre que possível, torne-se especialista na área, aprenda um novo idioma e estabeleça metas pessoais, como um mestrado ou um MBA.

Grandes períodos sem aperfeiçoamento especializado sugerem alguém acomodado e que pode facilmente se tornar obsoleto. Dentro de uma área que prioriza a velocidade de transmissão, tratamento e armazenamento da informação, parecer ultrapassado sem dúvida poder ser a característica mais negativa para um profissional do ramo.

Hora de procurar a sua vaga

O profissional bem-sucedido nem sempre é aquele que ocupa um alto cargo ou que recebe o famigerado salário dos sonhos. É comum  pessoas que, mesmo ocupando posições de prestígio dentro das organizações, resolvem abandonar seus cargos por não se sentirem à vontade em determinada profissão.

Há pessoas que se realizam profissionalmente trabalhando em uma pequena empresa, em uma cidade pequena, startups e por aí vai. Por outro lado, existem profissionais que adoram viajar pelo mundo e lidar com executivos de grandes organizações. Ambos tipos profissionais podem estar plenamente contentes com aquilo que escolheram.

Conhecer o profissional na ponta da língua, fará de você o profissional certo no lugar certo. Esse é o alinhamento que você precisa ter na hora de procurar uma vaga no setor. Só dessa forma, você terá a garantia da tão sonhada realização profissional.

Com essa filosofia em mente, prepare o seu CV, suas redes sociais e portfólios se houver. Prepare-se também psicologicamente e comece a busca! Dê uma olhada em nosso post, nele listamos diversos sites para você iniciar a sua procura por vagas de TI, boa sorte!

Espero que esse post tenha ajudado você. Esperamos o seu comentário abaixo! Até a próxima!

 

Curso online de HTML5, CSS3 e JavaScript da Becode! O seu primeiro passo para se tornar um front-end developer!

Erick Scudero

Escrito por Erick Scudero

Especialista em Marketing Digital e apaixonado por tudo que envolve o universo de tecnologia e comunicação. Durante sua jornada na terra dos cangurus (Austrália), atuou em diversos projetos prestando consultoria em questões de UX, SEO, Marketing Digital e modelos de negócio com foco em startups. É cofundador da Becode, da M2up e instrutor de cursos presenciais na TargetTrust.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Servidor Linux ou Windows? Qual é melhor para a sua hospedagem Web!

Servidor Linux ou Windows? Qual é melhor para a sua hospedagem Web!

Por que aprender Linux deveria ser a sua prioridade! | Becode

Por que aprender Linux deveria ser a sua prioridade!