(Plano de Estudos) O Guia do Programador Iniciante!

Quanto mais eu me envolvo com a área de programação, mais eu percebo o quão fascinante essa esfera pode ser. Aprender a criar sites, desenvolver aplicações, criar sua própria startup e ter o seu aplicativo… São possibilidades incríveis e motivadoras!

Mas como chegar até lá? O que aprender? Qual curso fazer primeiro? Enfim… falta orientação!

Quando somos iniciantes, começar é realmente uma tarefa difícil. Ainda mais em um mercado como o da TI, em que as oportunidades são diversas e poucas escolas se preocupam em dar uma orientação digna para que seus alunos enfrentem essas dificuldades mercadológicas.

Se você se identificou com tudo isso, não se preocupe! Isso é natural. Na Becode, recebemos diversos pedidos de ajuda diariamente. Veja alguns exemplos de perguntas feitas por pessoas que realmente existem:

  • “Me interessei pela área de TI, só que tenho 16 anos e não sei por onde começar, você poderia me dar alguma sugestão?”
  • “Que curso eu faço? Quero aprender a programar!”
  • “Sou apaixonado por tecnologia, queria aprender sobre programação e tudo mais que a TI proporciona! Qual área da TI você recomenda para um inciante?”

Muitas dúvidas, certo? Pois é, foi exatamente por isso que resolvi escrever esse artigo. Chegou a hora de tirar todas as suas dúvidas! Acreditamos que, como escola formadora de profissionais na área, temos essa responsabilidade com você. Pensando nisso, fiz um compilado de tudo que me perguntaram nos últimos meses e as respostas que costumo dar.

Vou resumir tudo nesse post. Continue lendo para descobrir os conhecimentos essenciais a um iniciante em programação e também quais cursos fazer nessa etapa inicial!

(Não recomendo, mas se você quer apenas saber quais cursos fazer e não quer ler o artigo completo para entender o porquê disso. Então vá direto ao último tópico desse post, o tópico “Plano de Estudos”.)

1. O primeiro passo

Imagem ilustra um cérebro de um profissional da programação, com conexões elétricas e códigos binários | Becode

Eu diria que 90% das pessoas que possuem interesse em programação só não vão adiante, pois não sabem por onde começar. Muitos acham que o primeiro passo é aprender a criar um documento em HTML. Aliás, aposto como muitas pessoas aqui já fizeram aquele famoso cursinho de HTML, certo? Se sim, comenta no final do post como foi essa experiência. Vou adorar ouvir de você.

Enfim, não! O primeiro passo não deve ser HTML, mas sim aprender sobre lógica de programação e algoritmos! Programar sem saber a lógica é quase como caminhar sem os pés. Em outras palavras, lógica de programação é a base para tudo que você for fazer nessa área. Ela é que vai te fazer entender como o computador pensa e como conversar com ele.

Se você realmente está interessado em aprender a programar, mas é leigo na área. Ou ainda, você começou a programar sem base nenhuma (“sem os pés”) e quer corrigir os erros do passado… Sem mais delongas, comece HOJE a aprender sobre Lógica de Programação e Algoritmos.

Dúvidas comuns:

  • Preciso saber inglês? Não! Claro que o inglês vai facilitar a sua vida, mas não é algo que impedirá a sua entrada na área. Conforme você for evoluindo, aí sim, preocupe-se em aprender o idioma, mas jamais deixe de iniciar na área por causa disso.
  • Preciso saber matemática? Da mesma forma que o idioma Inglês, saber matemática também facilita, mas não é essencial. O que você vai precisar mesmo é de raciocínio lógico. Conforme você cresce e atinge níveis avançados de programação, a matemática pode ir se tornando mais importante. Principalmente em carreiras como a de um Cientista de Dados. Entretanto, eu diria que matemática é um conhecimento que vai sendo adquirido de forma natural, assim como o idioma Inglês (veja filmes, séries, leia e jogue videogame. Tudo em inglês!).

2. Back-end ou Front-end?

A imagem ilustra um banco de dados, representando o "back-end", e uma interface gráfica, representando o "front-end" | Becode

Beleza, você já deu o primeiro passo, excelente! Agora já pode até fazer escolhas nessa vida! Você pode escolher para que lado da área de desenvolvimento quer ir. No início, geralmente a escolha fica entre back-end ou front-end. Existem outras áreas, como a área de desenvolvimento mobile e de games, por exemplo. Contudo, o ideal mesmo é começar pelas tradicionais e, com experiência, migrar para essas outras ramificações.

Sendo assim, agora é o momento de fazer escolhas, back ou front? Para entender melhor a diferença entre cada um, leia esse artigo que fizemos sobre esse tópico.

Escolhi Back-end

Bom, nesse caso, você PRECISA aprender sobre banco de dados. Se você leu o artigo que recomendei acima, você deve ter visto que desenvolvimento back-end e banco de dados são duas coisas que estão inteiramente conectadas. Então, antes de aprender qualquer linguagem de programação back-end, você precisará primeiro aprender sobre banco de dados!

E tratando-se de banco de dados, existem outras inúmeras opções de tecnologias e ferramentas a serem utilizadas. Para iniciantes, nós recomendamos o MySQL que é um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD) gratuito e com uma vasta documentação. Para usar esse sistema, você precisará aprender SQL que é a principal linguagem de manipulação de um banco de dados relacional. Resumindo, se Back-end foi a sua escolha, aprenda a trabalhar com o MySQL e a linguagem SQL.

Também é possível trabalhar no Back-end usando outros tipos de SGBDs e linguagens para a sua manipulação. Mas, para efeitos didáticos, não vou citá-los nesse post para não gerar mais confusão na sua cabeça. Se você mesmo assim tiver interesse, leia esse artigo sobre os principais SGBDs do mundo.

Escolhi Front-end

Nesse momento inicial, o conhecimento em banco de dados será desnecessário. Você pode ir direto aprender sobre desenvolvimento front-end. E aí sim, agora você terá que aprender HTML. Mais que isso, aprender HTML, CSS e JavaScript. Essas três tecnologias são a base para a qualquer desenvolvedor front-end.

Dúvidas comuns:

  • Ainda não sei se quero front ou back? No problem! Aprenda sobre banco de dados relacionais, SQL e HTML, CSS e JavaScript. Esses conhecimentos são fundamentais para qualquer profissional de TI. Inclusive, eu costumo recomendar que o profissional busque sempre aprender ambos. Dessa forma, tornando-se um profissional mais completo. Claro, também sei que nem sempre há grana ou até tempo para viabilizar o aprendizado em ambos. Nesse caso, é melhor saber o que priorizar e fazer escolhas. Mas, se você prefere aprender ambos, vá em frente!

3. Hora de aprender OO (opcional)

Geralmente, essa é a matéria que o pessoal não gosta e tem dificuldade em aprender. Realmente é um conceito complicado, mas não há como fugir. Em algum momento da carreira, mais cedo ou mais tarde, o programador se vê forçado a aprender sobre programação orientada a objetos (POO) para progredir na vida profissional.

Nós, da Becode, sempre recomendamos que esse aprendizado ocorra cedo,  logo após o aprendizado em lógica de programação, banco de dados e HTML, CSS e JavaScript. Isso é válido tanto para os que escolheram front-end, quanto back-end. Isso porquê a grande maioria das linguagens de programação utilizam esse paradigma. Afinal de contas, é o paradigma de programação mais utilizado no mundo profissional.

Nesse artigo, explicamos melhor o porquê de programação orientada a objetos (POO) ser tão importante para a carreira de um desenvolvedor.

Dúvidas comuns:

  • Tudo na programação é orientado a objetos (OO)? Não, nem tudo. Aliás, uma das principais linguagens do mundo não é orientada a objetos, a linguagem C. Entretanto, uma coisa não sobrepõe a outra. Saber orientação a objetos é considerado um dos principais pré-requisitos para o sucesso de um desenvolvedor de software, independente da área: back, front, mobile, games, full-stack ou qualquer outra.
  • É obrigatório para programar? Não, não é. Você pode começar a programar sem dominar todos os conceitos de POO. Contudo, isso com certeza irá fazer falta no futuro. Sendo assim, se você estiver muito ansioso para começar a programar com uma linguagem de programação como Java, C#, Python, Ruby. OK, você pode pular essa etapa. Entretanto, se você quiser seguir todos os passos a risca (recomendável), aprenda orientação a objetos antes de partir para a próxima etapa. Essa é a nossa dica.

4. Finalmente, linguagens e frameworks

Programação Orientada a Objetos | Linguagens de Programacao

Agora, após todas essas etapas, você finalmente estará totalmente apto a começar o aprendizado em alguma linguagem de programação back-end. Até então, a única linguagem “permitida” era o JavaScript, no caso da trilha do desenvolvedor front-end. Mas agora que você já sabe banco de dados e orientação a objetos, é possível também iniciar o aprendizado em alguma linguagem que você goste ou tenha mais afinidade. Essa escolha pode ser bem difícil no início, por isso, recomendamos que você também leia esse artigo, que irá dar algumas dicas para tomar essa importante decisão: qual linguagem de programação aprender primeiro?

Tá, mas eu escolhi front-end!

Beleza, sem problemas! Para você, eu recomendo procurar tecnologias e frameworks auxiliares ao JavaScript e CSS. Entre essas tecnologias, destaco o jQuery e o Bootstrap que, para os iniciantes, são duas tecnologias incríveis. Conforme você for avançando nessa carreira, busque também aprender sobre frameworks JS mais avançados, como o AngularJS, o React, o Vue e por aí vai.

5. Plano de estudos

Existem diversas formas de aprender tudo isso que citei acima. Você pode aprender com a internet, lendo livros, cursando uma faculdade ou, o que na minha opinião é a melhor opção em custo-benefício, com cursos rápidos! Sejam eles presenciais ou online. Nesse caso, sim, você terá que gastar um pouco, mas esse valor não será nem 1% do que você pagaria a uma universidade, por exemplo.

Pensando nisso, montei esse plano de estudos para você. Resumindo, se você quer começar na área e não sabe por onde, você precisa de 4 cursos iniciais (nessa ordem):

1 – Lógica de Programação e Algoritmos
2 – HTML, CSS e JavaScript
3 – Banco de Dados MySQL e Linguagem SQL
4 – Orientação a Objetos (opcional, mas extremamente recomendável)

Após, você pode decidir qual caminho trilhar:

5 – Linguagens de programação Back-end ou frameworks e tecnologias auxiliares para o front-end

Se você seguir esse plano, tenho certeza que estará em boas mãos. Você terá passado pelas quatro etapas principais de qualquer iniciante em programação, estando totalmente apto para tomar decisões por conta própria, como qual linguagem back-end aprender ou quais tecnologias front-end dominar. Não é a toa que aqui na Becode, chamamos a trilha de cursos acima de “Primeiros Passos”.

No mais, desejo sucesso e boa sorte para você nesse início de carreira na área de programação. Espero realmente que esse post tenha sido útil para você.

E o mais importante: não fique com dúvidas, mas não fique mesmo! Deixe o seu comentário aqui em baixo que iremos responder. Quanto mais claras as peças estiverem na sua cabeça, melhor será o seu desenvolvimento profissional! Até a próxima, abraços!

 

Curso Online de Lógica de Programação | O seu primeiro passo para ingressar no mercado de TI

Erick Scudero

Escrito por Erick Scudero

Especialista em Marketing Digital e apaixonado por tudo que envolve o universo de tecnologia e comunicação. Durante sua jornada na terra dos cangurus (Austrália), atuou em diversos projetos prestando consultoria em questões de UX, SEO, Marketing Digital e modelos de negócio com foco em startups. É cofundador da Becode, da M2up e instrutor de cursos presenciais na TargetTrust.

74 Comentários

Leave a Reply
  1. Erick Scudero, bom dia!

    Eu tenho 21 anos de idade e agora que realmente decide qual carreira quero seguir, programador back-end, acabei me interessando muito pela programação ao ler artigos iguais a esse e outros postados pela Becode. Meu caminho para me tornar programador já está trilhado, entretanto fico com um pensamento impertinente, se com minha idade posso me tornar um excelente programador? Se é possível ser absorvido pelo mercado? Ter condições para trabalhar fora do Brasil e essas questões?

    Quantas perguntas haha. Agradeço a atenção!

    • Matheus, com certeza! O quanto antes você começar, melhor! Aproveite que você é novo para praticar bastante e aprender tudo que puder, sem ter o compromisso de garantir um emprego logo cedo. Procure também por estágios. Após essa etapa inicial você já terá uma experiência interessante e, por consequência, poderá buscar oportunidades fora do Brasil também. Mas vá com calma, um passo de cada vez. Abração! Desejo boa sorte e sucesso!

    • Também gostaria de saber.
      Desde muito novo sou técnico de informatica, sempre me interessei por programação, mas só agora estou indo realmente atrás de aprender a profissão.

  2. Para ja quero lhes parabenizar pela vasta e grande porção de dados partilhados, no principio quando comecei a estudar TI isto no ano passado encontrei enormes dificuldades em aprender a lógica de programação, o que necessitava mesmo era de um guia para poder me posicionar neste mundo de TI, em vcs deram dicas que até hoje precisava entender e que causava-me ainda dificuldades.

    Muito grato mesmo estou sempre ligado ao vosso canal!
    Att.
    Abel André

  3. Tenho 66 anos, sou advogado e quero me tornar programador. Diga: Tenho chance? Brincadeira…Já estou me familiarizando com os conceitos e vou seguir em frente.

  4. Tenho 16 anos, e não sei absulutamente nada sobre Programação, mas de um tempo pra cá, me surgiu um interesse em ser programador. O recomendável pra mim que não sei nada sobre o assunto, continua sendo aprender Lógica de Programação e Algoritmos primeiro? Seguindo de HTML, CSS e JavaScript? (Os cursos que você citou acima) obrigado pela atenção, abraços!

  5. Olá, estou lendo todo o conteúdo do site e pronto para iniciar os estudos.

    O que acontece, faço 23 neste ano e sou marceneiro desde os 16, mas porque a vida me trouxe esse ofício e na necessidade eu segui. Hoje estou frustrado… a quantidade de ferramentas que carrego, peso, serviço braçal, necessidade de espaço e estou fechando minha segunda oficina porque não consegui pagar o aluguel da loja no prazo. O que ta sendo o combustível para que eu aprenda outro ofício o mais depressa possível e dessa vez de minha escolha…

    Quero aprender a programar e ter como ferramenta física apenas o Notebook ou o Desktop!
    Programar Freelancer…
    Sou autônomo por natureza e uma coisa que a marcenaria me ensinou (apesar dos fracassos) foi Empreender! Serviço de marcena pra mim não falta, através da clientela e também do GetNinjas.

    Li sobre marketplaces do mundo dos programadores; então, pós currículo/portfólio estabelecido, creio que não falta serviço para programadores (só não trabalha quem não quer).
    A pergunta é: Depois de iniciar os estudos, quanto tempo em média até a pessoa poder ter conhecimento suficiente e fechar o primeiro serviço freelancer?
    E, Freelancer sem bacharel consegue emprego no exterior?

    Aliás tenho uma amigo programador, outro se formou em bcc e conseguiu emprego na Polônia e outro começa Eng. Da computação neste ano.

    • Gustavo, legal que você está com esse objetivo de vida. Te desejo sorte e sucesso nessa jornada! Bom, vamos lá.

      – É difícil precisar quanto tempo vai levar para você ter uma boa base de conhecimento e já descolar os seus primeiros freelas na área. Contudo, acredito que, na pior das hipóteses, em um ano você atinge esse primeiro estágio de sua carreira. Pode parecer muito tempo, mas compare com qualquer curso técnico ou curso superior no mundo. Pois é…

      – Eu falei em um primeiro estágio de sua carreira porque, uma vez que você concluir esses primeiros cursos, o ideal é que você continue fazendo cada vez mais. Isso porque, se você entrar nessa área, você vai precisar estar sempre se atualizando. Então, não pare no primeiro estágio (cursos do post).

      – Quanto a conseguir vagas no exterior sem bacharel, é bem possível! Isso porque as empresas que contratam freelancer de forma online não estão preocupadas no CV do candidato, mas sim no portfólio. Se você conseguir construir um portfólio legal, com projetos que impressionam, trabalho é que não vai faltar.

      Bom, espero ter ajudado! Sucesso!

  6. Gostaria apenas de parabenizar a BeCode pelas excelentes postagens. Continuem assim, o material de vocês é sem dúvida excepcional, já me ajudou muito e tenho certeza que ajuda muita gente.

  7. Boa tarde , tenho 32 anos e quero ir para a área de programação ! Não tenho muito conhecimento na área mas gosto de estudar e me esforçar pra aprender as coisas
    Consigo arranjar emprego mesmo com essa idade um pouco avançada sendo que os recrutadores preferem os mais novos com todo potencial de aprendizagem ?
    Agradeço pelo post e bora estudar

  8. Muito bom esse material. Tenho 38 anos e quero voltar para a área de TI porém na programação e seu texto foi conclusivo. Depois de ler inúmeros outros sites encontrei no seu texto a resposta é o guia que precisava. Obrigado!

  9. A área de TI é uma ótima área, ainda mais, eu gosto muito de tecnologia vejo o avanço cada vez mais, para ser sincero eu quero fazer os cursos, mas, aí fica a pergunta: “Qual?” Kkk, vó fazer os dois então, acredito que valerá a pena cada conhecimento que vier.

  10. Erick, bom dia!
    Eu amo área de TI, me formei faz pouco tempo no curso de redes de computadores.
    Eu estou preocupado com meu futuro, pois não surge uma oportunidade para eu pôr em pratica todo o meu conhecimento obtido através do curso.

    Em minha cidade está aparecendo oportunidades para programador.
    Tenho 23 anos e pretendo começar a programa do zero..
    Não tenho noção por onde começar, e nem em qual opção devo escolher (front ou back).

    Por isso tenho muitas dúvidas..
    Quais cursos devo fazer para ser um bom programador ?
    Qual a duração de todos esses cursos ?

    Uns amigos me falavam para fazer curso de sistema de informação, analise e desenvolvimento de sistemas (ADS), ciência da computação ou engenharia da computação.. porém creio que o caminho através desses cursos sejam muito mais longos diferente dos cursos que você citou.

    Como você é um profissional mais qualificado e passa todas as experiências para nós. Poderia me dá uma força ?

    • Carlos, entendo a sua preocupação. É um saco ficar parado! Contudo, você ainda é novo. Procure fazer os cursos desse post, começando pelo de Lógica de Programação que é a base para qualquer linguagem, depois os demais cursos do post. Como você está com tempo livre, tente fazer o mais rápido possível e coloque metas:

      – MÊS 1: vou finalizar os 3 cursos iniciais
      – MÊS 2: vou aprender uma linguagem back-end e uma front-end (cursos mais avançados). Veja esse post
      – MÊS 3: vou intensificar a busca por emprego na minha região e criar projetos práticos para apresentar como portfólio. Veja esse post
      – MÊS 4: vou melhorar o meu marketing pessoal, perfil no linkedin, etc. Veja esse post

      Quanto a começar uma nova faculdade, tens razão, é um caminho muito mais longo! Carlos, as metas acima são só exemplos, você deve criar as suas próprias metas. Aqui são apenas algumas dicas. Para ver outras dicas, você pode baixar esse ebook aqui.

      Espero ter ajudado! Boa sorte, estou com esperança que o nosso país melhore e o mercado de trabalho também. Abraços!

  11. em primeiro lugar bom dia!!
    Queria dizer que esse site é maravilhoso. Sempre fui fã nessa area, infelismente nunca pude seguir.agora com sua ajuda vou realizar esse meu sonho.
    meu nome é Cristhian tenho 33 anos infelizmente sou costureiro…se deus quiser vou mudar de vida …
    Obrigado mais uma vez !!!!

  12. ERICK SCUDERO, Olá Tudo bem?

    Bom, eu estava lendo sendo post e adorei as ordens para quem está começando. Muito bem explicativos, sou iniciante na área, tenho 30 anos. Amo tecnologia, trabalho em uma empresa de tecnologia e comunicação, mais não Trabalho na parte de TI. O que você acha da área de Ti para o universo Mulher?

    Estou querendo me tornar uma desenvolvedora de aplicativos e games, e nele primeiramente tem que ter uma noção básica de programação, certo? Como sou iniciante e quero entrar nessa área, fiquei na dúvida, se sigo todas as etapas do plano de estudo? E onde entra a parte de back-end ou front-end para o desenvolver de aplicativos?

    Parabéns por disponibilizar suas dicas que foi de bastante importância.

    • Caroline, tudo bem? Que bom que gostou!

      Então, tem crescido muito a presença das mulheres na área de TI, o que é ótimo! Aliás, recomendo que você dê uma olhada nesses dois projetos (ambos liderados por mulheres):

      WoMakersCode
      Reprograma

      Quanto as dicas desse post, elas servem sim para o mundo do desenvolvimento mobile. Esses cursos são a base da programação. Depois, para complementar, sugiro que você leia esse post

      Com certeza vai esclarecer muita coisa 🙂
      Espero ter ajudado, abraços!

  13. Olá, não sabia do BeCode mas achei incrível a forma como explicam esse mundo pra pessoas que não sabem muito, tenho 26 e quero iniciar na programação, inclusive já irei começar, mas a minha dúvida é…com a minha idade ainda é possível me posicionar no mercado de trabalho?

    • Marcelo, sim, você ainda é jovem! Estude bastante, pratique mais ainda e capriche no marketing pessoal, linkedin e CV. Se não conseguir emprego de primeira, dê uma olhada em trabalhos freelancer para ganhar experiência 😀

  14. Gostei muito das informações de forma altamente compreensão para os iniciantes.Eu sou da área de Ciências Contábeis mas ultimamente sentir curiosidade e claro um forte desejo de aprofundamento em TI.Acabei descobrindo este site que a dúvida me ajudou bastante me passando uma noção de como começar.A partir de agora serei uma leitora assídua do Becode.
    Parabéns pelo artigo.

  15. Olá Erick,
    Tenho 25 anos, sou apaixonado por tecnologia, la pro meus 15 anos ja tinha uma certa curiosidade em saber como funcionava o computador, quero muito ingressar na área de TI fiz 4 semestres de Tecnologia da informação, e por motivos financeiros abandonei, mas não me contive e fiz um curso Técnico em informática me despertou aquela sensação de esta no caminho certo, mas sem experiência e meio difícil, Gostaria de Saber o que me Indica para que eu possa focar mais e obter bons Resultados?

    • Ronaldo, dê uma olhada em cursos online da área. Nesse e em outros posts nossos, indicamos vários cursos para diferentes necessidades. Nesse post, os cursos indicados são voltados para iniciantes, mas se for o seu caso… siga a trilha de estudos do post.

      Uma vez que você aprender algo, seja lá o que for, procure por isso em prática. Crie um site, uma pequena aplicação web ou um projeto pessoal, hospede na web as suas ideias e comece a criar um portfólio. Isso vai pegar muito bem em futuras entrevistas de emprego. Para hospedar um site é mais fácil do que você imagina. Dê uma olhada nesse post aqui.

      Abraços!

  16. Ola Erick eu comecei já tarde na programação, com 23, anos agora tenho 25 e aprendi, sozinho HTML/CSS JavaScript ate peguei um certificafo no site SoloLearn ate desenvolvo sites, mas acho que tudo que aprendi está perdido, porque só estudei ate a 6° serie e no minimo é exigido ensino médio completo.
    Nunca vou conseguir nem fazer um Freelancer… Abraços .

  17. Sou estudante do Segundo Semestre do Curso de Sistemas de Informação , estou tendo dificuldades em progamação kk qual concelho você me daria para poder evoluir mais , e consegui superar os problemas realacionado a progamação

    • Meu conselho: procure informações fora da faculdade. Isso você já faz, se não, não estaria aqui. Dito isso, você precisa dar o próximo passo! Procure algum curso online sobre a matéria que você tem dificuldade na faculdade. Veja cursos bons e baratos aqui 🙂

      Cursos Online

      Abraços!

  18. Olá, Erick.

    Como vai, tudo bem? Antes de tudo, tenho que lhe dizer que seu texto foi o único que achei na internet com total clareza e objetividade para quem é leigo ter um norte. Meus parabéns!
    Antes de te deixar minha dúvidas, vou lhe explicar um pouco sobre mim, meus desafios e como pretendo atingir cada um deles.

    Bom, sou economista por formação e atuo no backoffice de uma fintech. Por conta disto, mexo com grande volume de dados diários (planilhas e PDF) e gero muitos relatórios analíticos (TXT e planilhas). Para que isso tudo aconteça, utilizo basicamente Excel (Intermediário) e Access (básico). Já estudei VBA e outras linguagens de programação no passado, mas, por conta da não utilização, esqueci tudo.

    Resumindo: sei que existem funções e aplicações que me ajudariam no Excel (VBA) e em outros programas, mas não sei implementar, assim me gerando um trabalho desgastante que um iniciante/leigo-total tem e isso me frusta.

    Por trabalhar numa fintech e pelas minhas necessidades, procurei me informar sobre o mercado atual de tecnologia para tais objetivos (com meus colegas de trabalho, na internet, etc) e escolhi me focar no VBA agora e no Python futuramente.

    Perante isso tudo acima, tenho algumas dúvidas:

    1) Seria necessário eu fazer o curso de Lógica de Programação e Algorítimos?
    2) Para quem vai estudar Phyton é obrigado estudar MySQL/SQL também?
    3) No texto foi falado sobre Programação em Orientação a Objetos, mas não foi dada nenhuma dica de curso. Você teria alguma indicação?

    OBS: caso possa, gostaria de ter algum contato seu para trocar duvidas mais pertinentes e pontuais.

    Desde já, agradeço sua atenção!…Abraços.

    • Olá Thiago, vamos lá!

      1) Depende de qual curso você for escolher. Tem alguns cursos que ensinam Lógica de Programação de uma forma “embutida”.
      2) Não necessariamente MySQL, mas qualquer outro Banco de Dados. Python é uma linguagem de desenvolvimento back-end, portanto, ela precisa de uma tecnologia de gerenciamento de banco de dados.
      3) Thiago, no seu caso, talvez esse curso abaixo reúna tudo que você precisa 🙂

      Link para o curso

      Abraços, espero ter ajudado!

  19. Obrigado pelo conteúdo rico realmente, eu estava confuso precisava de um guia e tenho a certeza que esse material não só esta sendo útil para mim mais para muitos.

  20. Oi, muito bom o texto, bem esclarecedor. Tenho 28 anos e sou formada em curso da Área de Humanas. Penso em mudar de área e trabalhar com programação. Atualmente trabalho como Auxiliar Administrativo e desejo mudar de emprego em breve. Tenho chances de entrar no Mercado de Programação apenas fazendo cursos rápidos ou seria melhor fazer outra faculdade, tendo em vista a idade que tenho?
    Obrigada

  21. Olá, gostei muito do texto, ao longo dele fui parando para ler todos os artigos mencionados e realmente me ajudou muito!
    Mas fiquei com uma dúvida ao ler o final do texto…Estou com o curso trancado em analise e desenvolvimento de sistemas ( cursei apenas os primeiros 6 meses) devido a falta de grana, mas agora me recuperei financeiramente e estava pensando em voltar pra faculdade, no entanto ao ler seu texto, me parece que a melhor opção para começar neste universo lindo seria cursos rápidos e com certificados? Tenho um pouco de medo pois me parece que a maioria das empresas estão contratando apenas se você tiver ”graduação ou cursando” …Não que eu queira apenas ingressar em uma empresa e ficar o resto da vida nela, tenho outros objetivos para esta área de desenvolvedor, poderia me dar um help nesta dúvida?
    Abraço.

    • Juliano, se você tiver condições, recomendo que você faça ambos:

      – Uma faculdade para obter o canudo
      – Um curso novo por trimestre. Cada curso vai custar uns R$20 nesse site aqui

      Assim você ganha o diploma, consegue ingressar por estágio (o que facilita muito) e ainda se prepara para a realidade do mercado profissional (cursos online).

      Enfim, na minha opinião, esse seria o cenário ideal.

      Abraços!

  22. Olá! Parabéns pelo artigo! Tenho 36 anos e gostaria de aprender programação e entrar no mercado de trabalho de TI, não tenho nenhum conhecimento da área. É possível entrar no mercado de trabalho com essa idade? Desde já agradeço pela atenção!

  23. Bom, tenho 28 anos e resolvi começar a aprender sobre programação. Trabalho como técnico em informática a 8 anos e a pouco conclui a engenharia mecânica. Bem variado minha formação, mas digamos que cai na área de informática ao acaso. Sempre gostei de ambas as áreas, mas preferi fazer o superior na área de mecânica. Estudei um pouco de programação durante a engenharia, mas nada muito profundo. Como atualmente a área de engenharia está muito difícil de conseguir emprego, resolvi pensar em seguir nessa área de programação, para conseguir me inserir no mercado de trabalho. Minha duvidas são inúmeras, principalmente a medida que se vai aprofundado na estudos sobre programação, mas gostaria de saber o que me espera o mercado de trabalho de um programador? A partir do tópico 4 eu já conseguiria trabalhar com programação? Base para os estudos eu tenho, então isso já é um ponto positivo para investir nessa área? Enfim, são essa duvidas por enquanto. O tópico ficou show

  24. Tenho 22 anos e decidi recentemente me tornar um programador back-end em C# com SQL Server.. já conheço a lógica de programação, porém ainda não a domino e conheço o básico de SQL. Às vezes fico pensando se não tomei esta decisão tarde demais pois eu quase sempre vejo meninos com menos de 18 anos já arrebentando em programação.

    Enfim, excelente post! Vou seguir a risca suas recomendações!

  25. Bom dia Becode,

    Estou iniciando minha graduação EAD em Gestão da Tecnologia das Informação, tenho 35 anos,sempre gostei de tecnologia,porém a vida e as necessidades me levaram para o mundo das vendas e é o que está me deixando saturado. Agora me deu estalo na mente em fazer TI.
    A minha pergunta é posso fazer os cursos para iniciante da Becode em conjunto com minha Graduação?
    Quero de fato aprender e não somente ter um diploma.
    A minha idade atrapalha?
    Tem como eu aproveitar os meus conhecimentos de vendas no mundo da telecomunicação junto a TI?

    Adorei os Posts de vcs e os preços dos cursos tambem.

  26. Bom dia.
    Tenho 28 anos, estou a pouco mais de 2 anos desempregada e buscando (incansavelmente) uma recolocação no mercado.
    Sempre tive muita afinidade com a área de tecnologia. (Sou a pessoa da família que chamam quando o celular está com problema ou algo errado no computador, rs…) Sei uma coisinha aqui outra ali, mas apenas graças a afinidade citada, minha curiosidade e o hábito de ler. Porém nunca sequer fiz um curso de informática.
    Pois bem devido a dificuldade em conseguir um emprego comecei a dar ouvidos aos que vivem me dizendo que tenho vocação pra essa área, comecei a pesquisar e descobri o quão vasto é o mundo do TI.
    Lendo vários textos com dicas de “por onde começar”, sempre me deparo com a dica número 1 que é, “primeiro vc precisa saber em que área quer atuar” e aí é que está o grande problema… eu simplesmente não consigo decidir. Mesmo não tendo conhecimento em nenhuma delas eu me sinto atraída por todas e isso causa uma confusão imensa na minha cabeça e não sei por onde começar.
    Tentei fazer uma lista das que eu mais me interesso a top 1 é “Segurança da informaçao” o que só complicou mais pq tenho a impressão (me corrijam se estiver errada) que pra atuar nessa área preciso saber sobre todas as outras… e volto a estaca zero… estou perdidona.
    Preciso de uma direção. Por onde devo começar?

  27. Olá, eu curso Técnico em Informática. O curso abrange bastante programação. Eu já tenho a Lógica de Programação, afinal passei na matéria e muito bem. E tenho também conhecimento em Banco de Dados, já consigo programar alguns app no Android Studio. A dúvida que tenho é, quando eu posso realmente me considerar um programador e poder se candidatar a uma vaga por exemplo? Eu sei que, o que sei ainda é muito pouco, mas onde posso ter certeza que sei bem e se conseguir um emprego não passo vergonha na hora.

  28. Olá,

    li esse artigo e achei bastante útil! Parabéns pela linguagem e didática!

    Meu interesse em programação vem da necessidade. Desenvolvi o projeto de um sistema, porém como sou leiga, contratei uma empresa para criá-lo. Depois de pronto a duras penas, e depois de tentar outras empresas para trabalhar com a manutenção dele, decidi tentar aprender e cuidar dele sozinha.
    Lendo esse e outros artigos me parece possível aprender com cursos online e outros (não sendo necessário uma graduação). Mas gostaria de uma opinião. Acreditam ser possível eu aprender a programar um sistema já desenvolvido por outras pessoas?

    Desde já agradeço

  29. Boa tarde, Tenho 26, e agora que acabei decidindo qual carreira vou trilhar.

    Tenho uma certa facilidade para aprender as coisas, gostaria de saber se eu fazendo somente esses cursos online eu já consigo alguma coisa na área, e se continuo fazendo cursos online até ter uma condição melhor para que eu possa migrar para uma faculdade de Analise e Desenvolvimento de Sistemas ???

  30. Obrigada, esse texto me ajudou muito, era TUDO que eu precisava saber, começar corretamente, estar informado e organizado é metade do problema resolvido.

  31. Programação é muito bom mas pra mim tem sido impossível aprender sem um professor.
    Fiz lógica de programação na faculdade e essa parte é tranquilo, passei bem, mas o que aperta são os comandos e suas sintaxes que as vezes mesmo encontrando na internet, não consigo aplicar ao código independente de como faça o código fica 90% gambiarra desnecessária.
    Enfim, depois de 2 anos desisto de tentar programação, boa sorte aos que ficam.

  32. Nossa, vocês são realmente bons no que fazem, vou comprar todos cursos, e aconselho vocês a expandir mais o aprendizado, disponibilizando mais cursos, pois ainda acho pela qualidade de ensino de vocês, que tem poucos cursos, enfim, por também no site uma ára voltada com exercícios de cada curso dado(apenas uma orientação).

    Obrigado por tudo !!!

  33. Olá, a 10 anos trabalhava em uma área que não tinha nada a ver com a tecnologia, a 4 anos atrás iniciei um bacharel em TIC onde tive meu primeiro contato com a programação, no início eu disse que era coisa de maluco, mas ao final do curso me interessei pela programação, mas todos sabem como é muito difícil nos dias atuais você mudar de profissão depois de 10 anos trabalhando na mesma área, ainda mais quando falamos da “remuneração inicial” para pessoas recém formadas.

    Pois então, há 5 meses larguei meu emprego e fui em busca de meus sonhos, sou recém formado e não tenho experiência na programação, mas pedi a deus que me ajudasse, e quando começei a procurar emprego logo de cara fui chamado pra 3 entrevistas para área de programação, mas todos exigiam experiência profissional, isso me deixou um pouco frustrado, COMO VAI SE CONSEGUIR EXPERIÊNCIA SE NÃO DÃO A OPORTUNIDADE,Aff.

    Mas semana passada uma empresa me chamou e abriu a oportunidade para iniciar na área de programação, vou ser sincero, não sei o que me espera lá, mas eu sou bem determinado e não desisto do que eu quero, fui sincero o bastante e disse que não sei pacas nenhuma, mas tenho vontade de aprender, agora vamos ver o que vai dar, se nada der certo a gente vê o que faz, o importante é tentar, só assim você vai ver como é.

    “INSANIDADE É FAZER TODOS DIAS AS MESMAS COISAS ESPERANDO UM RESULTADO DIFERENTE”

    Albert Einstein

  34. Obrigado por ter esclarecido muitas das dúvidas que tenho, realmente quando se tem um plano de trabalho, estudo ou negócio, tudo flui de forma mais adequada. Estudei muito sobre manutenção de máquinas e atuei por um tempo na área, sempre tive receio de me enfiar a estudar programação, pois a questão da matemática sempre me assustou um pouco e também nunca me juguei capaz de ter ou obter sucesso nessa área. Hoje estou com 50 anos de idade e quero esse desafio. Estou desempregado, mas não desisto nunca de meus objetivos, vou me dedicar e aprender o máximo que puder, tendo uma forma de renda futura, vou investir em curso sim, afinal, nada como uma lapidada de um profissional para que possamos chegar em um patamar profissional melhor. Vou buscar o que conseguir na web sobre todos os passos aqui indicados e quem sabe já consigo algo na área e assim dou segmento aos meus estudos. Sucesso para você e toda a equipe.

  35. Eu trabalho em diversas empresas, ainda mais pelo meu nível em Excel, Word, e-mail, domínio, gestão e administração.
    Comecei minha faculdade de “Sistema de informação”, claro, senti certas dificuldades pois até então só tinha usado softwares prontos solicitados pela Microsoft. Mas minhas maiores dúvidas foi como conseguir “invadir” redes, banco de dados e dispositivos, pois estudo para ser da equipe de inteligência da Polícia Civil e ser um cientista forense.
    Sabe por onde começo?
    Quero começar do zero, ser um “monstro” e tenho apenas 19 anos e com uma ambição absurda de chegar no nivel que sempre almejei.

  36. ola!

    boa noite!

    Estou aprendendo a sobre o mundo de programador web. Tenho estudado sozinho e fazendo cursos online. Na minha humilde opinião, eu já aprendi muitas coisas nesses quase 8 meses desde quando iniciei essa jornada.

    Parabéns pelos posts, eu sempre acompanho. Eu achei essas dicas de estudo muito interessante e, vou revisar meus materiais de logica e algoritmo, pois lendo o seu post percebi que não dei a devida atenção que eu deveria a esse tópico.

    Eu gostaria de solicitar um post. Se me permitirem.
    Vocês poderiam fazer um post sobre como criar uma pagina de POST. Eu já estou conseguindo criar alguns sites básicos, simples, mas eu ainda não consigo criar uma pagina de post, parecido com esse do becode, por exemplo. Onde eu possa colocar um artigo e as pessoas comentarem e eu responder os comentários…..

    Desde de agosto/2018 quando comecei a aprender sobre programação web, eu já aprendi sobre html, css, já consigo ultilizar o xamp, criar tabelas no mysql…

  37. Erik,

    Sou engenheiro civil, já tenho mas de 15 anos de experiência na área e tendo como principal ferramenta o excel, frequentemente esbarrava em em situações que o excel não supria minhas necessidades. Passei então a estudar VBA, automatizando muitas tarefas. Meu intuito é resolver meus problemas de engenharia de custos, por exemplo, e não ser programador, mas vejo que a programação ajuda muito.

    Não criando uma ruptura nos conhecimento aprendidos com o VBA, ou sjea, aproveitando os conhecimentos em VBA qual a linguagem que seria mais similar de forma que possamos apromorar estas tarefas ?

  38. Boa tarde!
    Eu me chamo Marcos e atualmente com 41 anos, ainda não me decidi pela área.
    Eu gosto de informática, pois sei que sou bom usuário, mas com conhecimentos pequenos em manutenção, DOS e configurações. Tem pequeno conhecimento em redes também. Eu pergunto:
    é possível, eu com 41 anos de idade, tentar a área de Sistemas de Informação? Na sua opinião, quais seriam os entraves para me dar bem no curso? Acaso me desse bem no decorrer do curso, será que conseguiria fazer algum concurso e me dar bem nas provas?
    Grato e sucesso!

  39. Boa tarde! Bacana seu artigo. Eu por duas vezes iniciei cursos voltados para o aprendizado em HTML pq eu realmente queria aprender programação e quando estava no meio do curso de CSS desistia, isso aconteceu duas vezes. Também iniciei uma vez um curso de Lógica de Programação e parei o curso na metade. Sempre estive muito perdido por não saber por onde começar, quais materiais estudar e onde encontrá-los…vou iniciar novamente Lógica de Programação, tenho certeza que dessa vez vai. Rs
    Gostei muito do seu artigo pq me mostrou um caminho a ser trilhado. Queria que vc me indicasse alguns livros para leitura, se for possível. Abraços!

  40. Olá! Gostaria de saber se esse plano de estudos ainda é válido, pois vi que existem cursos atualizados quanto a esses. Quero iniciar na área de TI e estou meio em dúvida quanto a isso…

  41. Olá! Eu não tenho graduação na área de T.I., mas sempre gostei de programação e quero aprender programação web. Minha dúvida é: as empresas contratam ou consigo trabalhos como freelance mesmo sem graduação ou curso técnico na área?

  42. Olá, Boa Noite!!!
    Sou Talitha tenho 30 anos, e estou no segundo semestre da faculdade de gestao tecnologia da informação, muito feliz!
    Estava procurando por onde começar e quero agradecer pelo post, abrir a mente de quem esta começando é como um presente!
    Deus abençoe, exelente carreira para todos nós!

  43. Vlw pela completa elucidação do assunto. O caminho não será fácil, haha, mas vamos nessa rumo ao aprendizado.
    O post tem dois anos, e não sei se receberei uma resposta… Mas vou perguntar assim mesmo:
    A primeira parada para o puro leigo no assunto que começa a pesquisar sobre programação na internet é parar no Curso em Vídeo do Guanabara. As aulas deles são ótimas e tals, mas como o projeto sobrevive com apoio e doações, ele não tem “range” para todos os assuntos da programação. Você, meu caro redator, recomenda alguma outra fonte de cursos nesta vasta internet que supra as necessidades que o Curso em Vídeo não supre? Cursos gratuítos ou de alto custo/benefício, de preferência.

  44. Erick, sou iniciante e desejo começar a programar, para em um futuro breve criar a minha própria startup.
    O que você recomenda, em um passo a passo?
    Você e a Becode estão de PARABÉNS … pelo trabalho.
    Grande abç.
    Sergio Vicente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que é DevOps? Processo, origem e problemática!

O que é Machine Learning? Quem usa, para que serve e aplicações reais!

O que é Machine Learning (ML)? Exemplos & Aplicações!