Entrevista de emprego para área de tecnologia? Veja como se portar!

Você foi selecionado para uma entrevista de emprego e agora!? Não existe uma fórmula certa para se sair bem em uma entrevista de emprego. Cada entrevistador, assim como cada empresa, possui uma abordagem diferente. Por isso, a maior garantia de êxito é estar o mais preparado possível.

Pensando nisso, montei esse post! A ideia é ajudar você a se preparar para esse momento. Nesse artigo você verá diversas orientações sobre o que fazer e o que não fazer durante a entrevista de emprego. Então, vamos lá!

Esteja preparado

Procure conhecer a empresa o máximo que puder antes da entrevista. Estude sua missão e visão, converse com conhecidos que trabalham ou já trabalharam na organização, assine a newsletter, acompanhe as redes sociais deles para ficar por dentro da sua atuação no mercado. Enfim, colete o máximo de informações possíveis.

Pode parecer clichê dizer isso, mas o conhecimento prévio, além de proporcionar mais segurança na hora da entrevista de emprego, mostra para o entrevistador que você tem objetivo, é determinado e sabe exatamente onde quer estar.

Coloque-se no lugar do entrevistador

Após realizar a sua pesquisa, é muito provável que você já possua uma noção do que o entrevistador procura naquele profissional. Se você conseguir identificar qual é a necessidade da organização, posicione-se como o profissional que irá solucionar aquele problema/necessidade.

Entretanto, só faça isso caso você tenha certeza a respeito do que o entrevistador está procurando naquele candidato e, obviamente, se você realmente for a solução para aquela necessidade.

Vista-se de acordo!

Vista-se de acordo | Entrevista de Emprego para área de tecnologia

Eu sei, parece meio óbvio! Mas não custa repetir. Você está indo para uma entrevista de emprego, portanto, precisa estar apresentável. Não use a roupa que você utiliza todo santo dia.

Para um traje mais formal, a camisa social costuma ser uma grande aliada nessas horas. Tanto para homens, quanto para mulheres.

Por outro lado, se você não consegue se enxergar de jeito nenhum sendo uma pessoa “formal”, ok também! Com certeza existem empresas que estão de acordo com o seu perfil. Você só precisa encontrá-las e enviar o seu CV! Nesses casos, há muito mais flexibilidade na escolha do traje.

Veja 5 dicas para ter sucesso na hora de procurar a vaga de TI ideal para você!

Tenha iniciativa

Você não precisa necessariamente esperar o entrevistador perguntar quem é você. Se você tiver a oportunidade, apresente-se de maneira cordial, estenda a mão, dê um aperto de mão FIRME, diga o seu nome e lembre-se sempre de sorrir. É bem comum encontrarmos muitos candidatos tímidos para a área de tecnologia. Portanto, ser simpático logo de cara é uma ótima maneira de chamar a atenção do recrutador logo no início. Além disso, quebra o gelo e deixa tanto você quanto o entrevistador à vontade para começar a entrevista.

Empresas querem facilidade e rapidez na troca de informações entre a equipe, por isso, dão preferência para candidatos que se consigam se comunicar bem. Mas claro, tenha bom senso! Não vai atropelar o entrevistador!

Deixe o entrevistador entrevistar

Deixe o entrevistador entrevistar! | Entrevista de Emprego para área de tecnologia

Seja objetivo, não se alongue muito nas respostas. Nem sempre falar bastante significa que você sabe muito. Geralmente o processo de contratação para a área de TI tem mais de um tipo de entrevista. Uma entrevista tradicional, realizada pelo RH, e uma específica com o responsável/gestor técnico da vaga. Por isso, não se preocupe em mostrar tudo o que você sabe logo de uma vez. Se não for uma entrevista específica, o foco é mostrar quem você é e como se relaciona com os outros.

Saber ouvir é o requisito fundamental para o trabalho em equipe, portanto, o entrevistador pode estar analisando sua capacidade de ouvir e assimilar a opinião do outro, se você é treinável e pode se adaptar facilmente à empresa.

Controle a ansiedade

Deixar o nervosismo tomar conta pode fazer com que você perca o “fio da meada”, se confunda e passe a impressão de ser uma pessoa desatenta.

Se você notar que está ficando nervoso, tente seguir alguns passos para reduzir a adrenalina:

  • Sinta seus batimentos cardíacos, respire bem fundo e tente se acalmar;
  • Usando a respiração, reduza seu ritmo interno;
  • Acomode-se em uma postura confortável, fale o mais calmamente (e claramente) que puder.

Concentrar-se no rumo da conversa pode ajudar você a agir naturalmente.

Além de garantir que a entrevista tenha mais fluidez, controlar o nervosismo mostra que você está preparado para lidar com situações de tensão e que não perde o controle diante de um problema que necessita de solução imediata. Provavelmente, você vai até ganhar uma estrelinha nas anotações do entrevistador!

Seja totalmente sincero

Coloque no currículo as capacidades e competências que você realmente possui. Não tenha medo de dizer que não sabe ou não possui muita afinidade com algum processo ou ferramenta. Afirmar um conhecimento que você não possui pode colocar você em maus lençóis se o recrutador resolver aprofundar o assunto durante a entrevista.

Em contrapartida, dispor-se a aprender e mostrar interesse em novos aprendizados pode fazer com que você ganhe outro ponto positivo nas percepções do recrutador.

Honestidade e sinceridade são características que estão acima de qualquer know-how e podem ser o fator decisivo para sua contratação. Entretanto, também não vá levar isso ao pé da letra e esquecer de investir em qualificação na área de TI. Se você ter essas características e ainda saber fazer tudo que a vaga exige, você será o candidato perfeito!

Seja ético

Não fale mal do emprego anterior. Se você enfrentou alguma situação desagradável com superiores ou com a equipe em outro emprego não deixe que isso apareça durante a entrevista.

Se você está empregado, mas não está contente no emprego atual, esclareça que está buscando uma oportunidade melhor para crescer profissionalmente e/ou encontrar novos desafios.

Citar empregos anteriores negativamente denota uma postura antiprofissional – por vezes, antiética – e incapacidade de resolver conflitos.

Quanto você espera ganhar?

Essa é uma pergunta que muita gente tem medo de responder, mas não se preocupe, ela não é nenhum bicho de sete cabeças!
Normalmente as empresas divulgam o valor do salário juntamente com a vaga, mas se isso não acontecer, pesquise a faixa salarial para o cargo na região que você se candidatou, e não tenha medo de responder. Essa pergunta, além de confirmar se você está de acordo com aquilo que a empresa oferece, pode se referir indiretamente à sua auto-avaliação, ou seja, se você se julga um profissional à altura de ocupar o cargo cuja média salarial é referente.

“E se eu responder um valor maior ao que a empresa está disposta a pagar?”

Não há problema algum em querer ganhar mais, desde que não seja um valor muito discrepante. Você e a empresa podem entrar em um acordo tranquilamente. Também existe a possibilidade de acontecer o contrário e você ser surpreendido por uma oferta melhor do que estava esperando.

Fugindo do protocolo

Fugindo do Protocolo | Entrevista de Emprego para área de tecnologia

Tornou-se uma prática das empresas de coach e setores de RH incluir na entrevista de emprego uma série de perguntas que ouvidas em um primeiro momento parecem absurdas, como:

  • “Como você agiria em um apocalipse zumbi?” ou
  • “Qual é a música que mais inspira você? Poderia cantar um trecho dela agora?”

Não se assuste! Tá liberado dar uma risadinha para descontrair antes de responder. Mas responda, e no mesmo tom em que a pergunta foi feita.

Essas perguntas que parecem piada, na verdade intencionam revelar características importantes do seu temperamento, personalidade e potencial criativo.

Perguntas Clichês

Existe uma tríade de perguntas que todo mundo que já passou por mais de uma entrevista de emprego com certeza já respondeu: “Qual seu maior defeito? Onde você se vê daqui cinco anos? Por que devemos contratar você?”

Essas perguntas, que parecem tão complexas, na verdade têm um objetivo muito simples. Elas servem para identificar como é a sua estrutura de raciocínio, quanto tempo você demora para tomar uma decisão e qual a importância que você dá ao trabalho.

Como falamos nesse post aqui, pensar em um plano de carreira, mesmo sem estar empregado ainda, pode ajudar você nesses casos. Demonstra interesse e preocupação com o seu futuro profissional.

Resumindo, responda rápido, utilize respostas curtas e que façam menção à sua profissão, experiência profissional e sua intenção de se aperfeiçoar. Isso demonstrará que você se sente seguro ao lidar com questionamentos e que é preocupado com trabalho e estabilidade para o futuro.

Aliás, não deixe para pensar na resposta pra essas perguntas só na hora da entrevista. Simule na frente do espelho em casa. Se na “hora H” rolar alguma dessas perguntas, você já estará preparado.

Preparado?

Preparado!? | Entrevista de Emprego para área de tecnologia

Um currículo e uma entrevista de emprego não são suficientes para quantificar todo seu potencial. É impossível apresentar em poucos minutos o resultado de anos de preparo. Então, não se preocupe se você não for tão bem em uma entrevista ou se não resultar na sua contratação.

Lembre-se que fazer uma boa entrevista não depende só de você! Também é responsabilidade do entrevistador e cabe a ele fazer as perguntas certas para extrair o melhor de você.

Faça uma análise depois de cada entrevista, liste os pontos fortes que devem ser conservados, os fracos que devem ser reforçados e os que devem ser eliminados.

Empresas buscam segurança e estabilidade nos candidatos tanto quanto os candidatos no emprego. Mantenha o foco no seu aperfeiçoamento. À medida que você for adquirindo maturidade profissional se tornará cada vez mais autoconfiante e preparado para enfrentar qualquer situação.

Espero que depois de ler esse post você se sinta ainda mais seguro nas suas futuras entrevistas de emprego. Tenho certeza que estes conhecimentos irão ajudar você a conseguir uma nova oportunidade na área ou a ingressar no mercado de TI pela primeira vez!

Se você tiver dúvidas, críticas e sugestões, por favor, comente abaixo que logo irei responder! Até a próxima!

Erick Scudero

Escrito por Erick Scudero

Especialista em Marketing Digital e apaixonado por tudo que envolve o universo de tecnologia e comunicação. Durante sua jornada na terra dos cangurus (Austrália), atuou em diversos projetos prestando consultoria em questões de UX, SEO, Marketing Digital e modelos de negócio com foco em startups. É cofundador da Becode, da M2up e instrutor de cursos presenciais na TargetTrust.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mas afinal... o que é Big Data? Descubra e saiba por onde começar! | Becode

Mas afinal… o que é Big Data? Descubra e saiba por onde começar!

Clean Code: boas práticas para manter o seu código limpo!

Clean Code: boas práticas para manter o seu código limpo!